Mostrando postagens com o rótulo BrasilMostrar tudo

Delator diz que foi coagido a “construir relato” sobre sítio usado por Lula


O ex-diretor-superintendente da Odebrecht Carlos Armando Paschoal disse à Justiça de São Paulo que foi “quase que coagido a fazer um relato sobre o que tinha ocorrido” e que teve que “construir um relato” no caso do sítio de Atibaia. O processo, proposto pela Operação Lava Jato, rendeu a segunda condenação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O ex-diretor, que também foi condenado no mesmo processo, ainda fez uma crítica aos procuradores da força-tarefa. Paschoal prestou depoimento no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) no último dia 3 de julho como testemunha em um processo sobre improbidade administrativa contra o ex-secretário-executivo do Ministério de Ciência Tecnologia, Inovação e Comunicações do governo Michel Temer (MDB), Elton Santa Fé Zacarias. O caso não tem relação direta com os processos contra a Lula.
Durante a audiência, o ex-diretor da Odebrecht, que é delator, foi questionado sobre o acordo de delação firmado com o MPF (Ministério Público Federal). O advogado Igor Tamasauskas perguntou por que delatores precisam falar sobre atos praticados por outras pessoas. “Porque, numa colaboração, você confessa atos próprios, crimes próprios, ou improbidades próprias”, disse o defensor em sua pergunta. “Sem nenhuma ironia. Desculpa, doutor. Precisava perguntar isso para os procuradores lá da Lava Jato”, respondeu Paschoal. Leia Mais

União quer reduzir 2,5% alíquota máxima do Imposto de Renda


A reforma tributária a ser proposta pelo Ministério da Economia vai reduzir a alíquota máxima do Imposto de Renda para pessoas físicas, de 27,5% para 25%, e empresas, de 34% para 25%, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo. Essa seria a principal medida após as alterações nas regras da Previdência. Além disso, o governo vai aumentar a faixa salarial isenta do pagamento do tributo. As mudanças no IR devem ser propostas em agosto e representarão uma das pernas do tripé da reforma tributária em construção pelo governo. Antes disso, o governo pretende propor a fusão de cinco tributos (PIS, Cofins, IPI, CSLL e IOF) no imposto único federal. BN

Vereador mata prefeito a tiros por causa de cerca em MG


O prefeito de um município de Naque, distante 258 km da capital, Belo Horizonte, foi morto com seis tiros na manhã do último sábado (13/07/2019), após uma discussão com um vereador da mesma cidade. Segundo a Polícia Militar, Hélio Pinto de Carvalho (PSDB-Mg), o prefeito, discutiu com Marcos Alves de Lima (PSDC-MG) quando foi alvejado. O motivo, ainda segundo a PMMG, teria sido por conta de uma cerca que o tucano queria impedir que Alves instalasse, na intenção de demarcar territórios. A PM de Naque (MG) disse ao G1 que Lima tem um lote no município. O prefeito quis impedir a demarcação, o que gerou o desentendimento. Segundo testemunhas, Carvalho teria agredido o vereador com chicotadas quando ele sacou a arma e abriu fogo.O prefeito chegou a ser socorrido e encaminhado a um hospital em Ipatinga, cidade a 40 quilômetros de distância de onde ocorreu o crime. Apesar dos esforços, ele não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 9h50. Os disparos foram efetuados contra o tórax e as pernas da vítima.

Mulher empurra Padre Marcelo Rossi de altar durante missa em Cachoeira Paulista; veja vídeo


Uma mulher invadiu o altar e empurrou o padre Marcelo Rossi durante uma missa em Cachoeira Paulista neste domingo (14). A mulher furou a segurança, invadiu o palco durante a celebração que acontecia na Canção Nova e empurrou o padre de cima da estrutura. Apesar da queda, ele não ficou ferido e a mulher foi contida pela Polícia Militar.
O padre estava no local para a missa de encerramento do acampamento ‘Por Hoje Não’ (PHN). Por volta das 14h50 a mulher, que participava do evento, conseguiu furar a segurança, invadiu o palco por trás e empurrou o padre, que caiu da estrutura.
No momento, pelo menos 50 mil pessoas participavam da celebração. Apesar da queda, o padre voltou ao palco minutos depois e continuou a celebração.
De acordo com a Polícia Militar, a mulher está sendo encaminhada para a delegacia de Lorena para o registro do caso. A PM informou que a ocorrência está sendo feita pela Canção Nova porque o Padre Marcelo Rossi decidiu não registrar a agressão.
A polícia informou que a mulher tem 40 anos e que fazia parte de um grupo que veio do Rio de Janeiro para o evento. Os acompanhantes informaram à PM que ela sofre de transtornos mentais.
G1

Ministério alerta para fraude via WhatsApp sobre 13° do Bolsa Família


Um novo golpe, veiculado por meio de mensagens no aplicativo WhatsApp, promete a liberação instantânea do décimo terceiro salário do Bolsa Família para beneficiários do programa, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira, 11, pelo Ministério da Cidadania.
De acordo com o alerta, a mensagem fraudulenta contém um link que redireciona o usuário para uma página onde são solicitados os dados pessoais, como nome completo, CPF e endereço. A mensagem exige ainda que a vítima compartilhe o link com todos os seus contatos para que o pagamento seja efetuado.
O Ministério da Cidadania informou que não solicita dados pessoais via WhatsApp ou o compartilhamento de links como condição para concessão de benefícios do Programa Bolsa Família. De acordo com a diretora do Departamento de Benefícios, Caroline Paranayba, para o recebimento do repasse não é necessário fornecer qualquer informação adicional das famílias.
O ministério esclarece ainda que o governo federal não faz nenhum tipo de coleta de dados por meio das redes sociais e que a atualização de informações de famílias beneficiarias de programas sociais deve ser feita exclusivamente no órgão responsável no município.

A Tarde